Carlos Roberto Menezes, Bacharel em Direito
  • Bacharel em Direito

Carlos Roberto Menezes

São Paulo (SP)
1seguidor0seguindo
Entrar em contato

Comentários

(7)
Carlos Roberto Menezes, Bacharel em Direito
Carlos Roberto Menezes
Comentário · há 4 meses
SOBRE DOCUMENTAÇAO IMOBILIARIA.

Meu nome é Carlos Roberto Menezes, sou bacharel em Direito pela Faculdade de Direito Uniban/Anhanguera, sou avaliador de imóveis formado pelo PROECCI, Corretor de imóveis CRECI 38.302, tenho uma empresa de Prestação de Serviços direcionada ao mercado imobiliário, exclusivamente sobre Documentação Imobiliária. “Bolso de Colete Documentação Imobiliária ME LTDA CNPJ 04.304.899/0001/97, á 19 anos atuando no mercado imobiliário, com sede Própria situada à Rua Conselheiro Furtado nº 208 Cj 65. E-mail [email protected]
Documentação imobiliária é a parte mais importante de toda transação relacionada à compra/venda e locação de imóvel .
Caro amigo, pelo simples fato de constar no IPTU parte da área de seu imóvel agregada ao seu confinante pela prefeitura não significa que você construiu no terreno que supostamente a ele pertença, não é atribuição da prefeitura determinar a titularidade do imóvel, O que realmente importa, é o que esta descrito na matricula do seu imóvel, pois nele constam todos os perímetros por ex; metragem da frente, lateral direita, lateral esquerda, sempre de quem da rua olha o terreno e a metragem dos fundos quando se encerram os perímetros da área do imóvel em questão. Disto isto primeiramente de posse da sua matricula do seu imóvel saberá o que lhe pertence. Ate porque aquele que pleiteia parte do seu terreno e por ser confinante com o mesmo, deve ter com fundamento ou seja ter uma matricula que diga de forma expressa que a metragem lançada no IPTU coincide com a metragem da matricula do imovel dele.

SOBRE DOCUMENTAÇAO IMOBILIARIA.

Meu nome é Carlos Roberto Menezes, sou bacharel em Direito pela Faculdade de Direito Uniban/Anhanguera, sou avaliador de imóveis formado pelo PROECCI, Corretor de imóveis CRECI 38.302, tenho uma empresa de Prestação de Serviços direcionada ao mercado imobiliário, exclusivamente sobre Documentação Imobiliária. “Bolso de Colete Documentação Imobiliária ME LTDA CNPJ 04.304.899/0001/97, á 19 anos atuando no mercado imobiliário, com sede Própria situada à Rua Conselheiro Furtado nº 208 Cj 65”. Bairro da Liberdade São Paulo -SP
Documentação imobiliária é a parte mais importante de toda transação relacionada à compra/venda e locação de imóvel .
Tema
SEM DOCUMENTOS NÃO EXISTE DINHEIRO.
I - Documentação Imobiliária Lei Federal
7.433/85 e Decreto 93.240/86.
“Essa Lei é só a titulo de conhecimento, e o porquê da exigência de documentos para compra e venda de imóveis. Não irei dissertar sobre leis muito menos linguagem jurídica”
II – Certidões pessoais dos vendedores e de pessoa jurídica, bem como os procedimentos a serem tomados com relação ao imóvel a ser negociado.
III – Situação do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis com relação a matricula/transcrição aja vista que toda transação parte da ultima situação perante o RI, de tal sorte que às vezes se faz necessário algumas mudanças na matricula/transcrição para concretização do negocio.
IV- Retificação Administrativa de área do terreno
V - Formas de Titulo Aquisitivo da propriedade a ser negociada.
VI – Averbação de construção nova, reforma com acréscimo de área, demolição e seus procedimentos junto a Prefeitura Municipal de São Paulo.
VII – Buscas no Arquivo Municipal de Plantas/alvarás/habite-se/auto de conclusão, etc

Levando em conta o tempo dedicado ao mercado imobiliário notei que de forma indistinta as pessoas só descobrem que tinham que praticar determinados atos em relação à propriedade, quando vão vender e querem tudo para ontem e na verdade não e assim que funciona, pois conforme as situações da (s) propriedade (s) irão depender de terceiros, citando como exemplo: Tabelião de Notas, Registro de imóveis, Prefeituras, Receita Federal, INSS no caso de construção/reformas/demolição. E isso pode atrasar uma negociação ou mesmo inviabilizar o negocio daí a importância dos documentos.
ATT.

Carlos Roberto Menezes

Tema
SEM DOCUMENTOS NÃO EXISTE DINHEIRO.
I - Documentação Imobiliária Lei Federal 7.433/85 e Decreto 93.240/86.
“Essa Lei é só a titulo de conhecimento, e o porquê da exigência de documentos para compra e venda de imóveis. Não irei dissertar sobre leis muito menos linguagem jurídica”
II – Certidões pessoais dos vendedores e de pessoa jurídica, bem como os procedimentos a serem tomados com relação ao imóvel a ser negociado.
III – Situação do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis com relação a matricula/transcrição aja vista que toda transação parte da ultima situação perante o RI, de tal sorte que às vezes se faz necessário algumas mudanças na matricula/transcrição para concretização do negocio.
IV- Retificação Administrativa de área do terreno
V - Formas de Titulo Aquisitivo da propriedade a ser negociada.
VI – Averbação de construção nova, reforma com acréscimo de área, demolição e seus procedimentos junto a Prefeitura Municipal de São Paulo.
VII – Buscas no Arquivo Municipal de Plantas/alvarás/habite-se/auto de conclusão, etc

Levando em conta o tempo dedicado ao mercado imobiliário notei que de forma indistinta as pessoas só descobrem que tinham que praticar determinados atos em relação à propriedade, quando vão vender e querem tudo para ontem e na verdade não e assim que funciona, pois conforme as situações da (s) propriedade (s) irão depender de terceiros, citando como exemplo: Tabelião de Notas, Registro de imóveis, Prefeituras, Receita Federal, INSS no caso de construção/reformas/demolição. E isso pode atrasar uma negociação ou mesmo inviabilizar o negocio daí a importância dos documentos.
ATT.

Carlos Roberto Menezes

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

(1)
Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Carlos Roberto

Carregando

Carlos Roberto Menezes

Entrar em contato